Estimulante de apetite.
 Sociedade do Mastino Napoletano
 SOMAN
 Criadores, proprietários e admiradores da raça
 Estimulante de apetite.
  Registrar   Ajuda   Login

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico
Tópico com 16355 visitas e 12 mensagens
Autor
Tópico: Estimulante de apetite.
Fabio Varandas
Membro Iniciante

Postagens: 22
Registro: 17/10/2005
Local: João Pessoa - PB - Brasil
Idade: 48 anosSexo Masculino
 Postado em 14/02/2006 7:40:00 AM

Caros amigo(a)s,

Bom, gostaria de saber dos criadores se utilizam algum tipo de estimulante para abrir apetite dos cães?

Aqui na minha Região(Nordeste) atualmente está bastante quente e acho que isso colabora de forma precisa na falta de apetite de ALGUNS dos meus cães. A partir dessa questão (CALOR), pergunto: é recomendável administrar algum tipo de estimulante???? Se sim, qual seria e de que forma se deve ministrar seu uso??? De ante do exposto, gostaria de informar que em outras épocas eu utilizer o Enzicoba - comprimido - porém, não achei bom o resultado deste medicameto.


No mais um grande abraço à todo(a)s,

Fábio Rodrigues de Aquino Varandas.

IP LogadoPróxima Mensagem
Rodrigo Hernandes
Membro Iniciante

Postagens: 34
Registro: 14/10/2005
Local: Valhinhos - SP - Brasil
Idade: 45 anosSexo Masculino
 Postado em 14/02/2006 4:01:00 PM

Prezado Fábio,

Experimente um produto chamado Organew. Ele não é um estimulador de apetite, mas sim um produto que favorece a absorção dos alimentos, favorecendo assim o aproveitamento do mesmo. Eu utilizo carne de frango sem cozinhar, relutei muito com isso, mas com o tempo pude perceber muito bons resultados. Vermifugue todos os animais como manda o figurino e todos ao mesmo tempo. Sei que voce já faz isso mas não custa reforçar. Divida a alimentação em duas vezes ao dia em quantidade não maior do que eles comam nessa refeição è mmmmuuuuiiiitttttooooo melhor que deixar a ração a vontade. Se nada disso der cerrto, relaxe, tem cão que é uma m.....

Uma coisa legal tambem, quando possivel. è deixar outro cão de modo que o primeiro ache que o segundo vai comer a ração dele. Dessa forma o primeiro come mais e mais rápido só de birra. O enzicoba é legal , mas precisa de uma dosagemn muito grande e por um certo tempo, até o animal acostumar-se a comer mais.

Grande abraço

Rodrigo Hernandes



IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Denise
Membro Iniciante

Postagens: 35
Registro: 15/10/2005
Local: - BA - BrasilSexo Feminino
 Postado em 15/02/2006 10:22:00 AM

Olá Fábio!

Nem me fale em calor! A minha Hulla tá "sofrendo" aqui na Bahia... Ocasionalmente, nos dias mais quentes ela come pouco pela manhã, as vezes nem come... De noite quer descontar o que não comeu pela manhã, mas assim não dá, né? Pois, caso contrário, ela acostumaria a comer só a noite, uma vez ao dia, o que não é correto. Coloco a quantidade recomendada da ração e um pouquinho mais, algo como um copo a mais em cada refeição... Se ela come tudo em meia hora a uma hora, tudo bem. Se não come, tiro. Não deixo ração a vontade durante o dia todo, nem acho recomendável também. A noite coloco a mesma quantidade que coloquei pela manhã, nada a mais para compensar o que ela não comeu pela manhã ou algo desse tipo. Não dou estimulante nenhum, mas eu passaria esse tópico para o Dr. Marcelo, ou "convidaria" ele a responder aqui, pois acredito que ele possa colaborar muito nessa situação.

Grande beijo,

Denise.

PS: Me falaram que preciso conhecer o Viere di Graziano, que ele tá muito lindo!

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Claudio Teixeira
Membro Junior

Postagens: 74
Registro: 14/10/2005
Local: Florianópolis - SC - Brasil
Idade: 43 anosSexo Masculino
 Postado em 15/02/2006 12:41:00 PM

Que parte da galinha????


Claudio teixeira

Mensagem original postada por Rodrigo Hernandes Prezado Fábio,

Experimente um produto chamado Organew. Ele não é um estimulador de apetite, mas sim um produto que favorece a absorção dos alimentos, favorecendo assim o aproveitamento do mesmo. Eu utilizo carne de frango sem cozinhar, relutei muito com isso, mas com o tempo pude perceber muito bons resultados. Vermifugue todos os animais como manda o figurino e todos ao mesmo tempo. Sei que voce já faz isso mas não custa reforçar. Divida a alimentação em duas vezes ao dia em quantidade não maior do que eles comam nessa refeição è mmmmuuuuiiiitttttooooo melhor que deixar a ração a vontade. Se nada disso der cerrto, relaxe, tem cão que é uma m.....

Uma coisa legal tambem, quando possivel. è deixar outro cão de modo que o primeiro ache que o segundo vai comer a ração dele. Dessa forma o primeiro come mais e mais rápido só de birra. O enzicoba é legal , mas precisa de uma dosagemn muito grande e por um certo tempo, até o animal acostumar-se a comer mais.

Grande abraço

Rodrigo Hernandes



IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Dr. Marcelo
Membro Iniciante

Postagens: 10
Registro: 17/10/2005
Local: Goiânia - GO - BrasilSexo Masculino
 Postado em 15/02/2006 2:22:00 PM

Bom Dia amigos,

Dei uma passadinha aqui pra trocar uma ideia com vocês a respeito desse tópico que é muito interessante mesmo.
Esse problema de baixo consumo de ração por animais grandes não é um problema só dos Mastinos, vários cães gigantes tem baixo consumo de ração ( caseira ou industrializada).
Quando o animal come a sua temperatura aumenta pra fazer a digestão, por isso em ambientes muito quentes o consumo cai.
Uma opção é fracionar mais a quantidade durante o dia e deixar a maior prate pra uma hora mais fresca à noiite. Mas o grande problema é que mesmo assim o balanceamento energetico não vai permitir ele comer o necessário pra engordar, ele precisaria de uma quantidade maior do que ele dá conta de comer.
Aumentar o apetite nem sempre ajuda, aumentar a concentração calorica é uma opção boa pra animais que comem pouco e perdem peso, aqueles suplementos proteicos pra ganho de massa muscular (de uso humano) podem resolver, algumas pessoas tem bom resultado outros não.
Mas a ideia é sempre trocarmos experiencias, por isso são tão bons esses forums

Um abraço pra todos



IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Lang
Membro Iniciante

Postagens: 25
Registro: 11/10/2005
Local: Campo Bom - RS - Brasil
Idade: 45 anosSexo Masculino
 Postado em 15/02/2006 2:47:00 PM

Fala Mano Paraíba, como vc tá??

Esse assunto de não comer é uma das causas de meu stress aqui no canil, principalmente quando os mastinos estão na idade inferior a 3 anos, depois, eles ficam mais tranquilos.

Bom, aqui penso que resolvi o problema de apetite (claro que tem aqueles dias que não querem comer), e posso dizer que junto com essa solução, estou economizando 50% em meus gastos com alimentação.
Na verdade, eu continuo dando em torno de 50 % de ração, mas consegui uma de boa qualidade e barata, e além disso, os outros 50% da comida diária eu completo com dorso de frango fervido e arroz para cães. Eles adoram.
Meus bassets chegam a chorar para poderem sempre comer, é uma alegria de se ver eles comerem com tanta vontade.

Claro que não podemos esquecer a vermifugação e para os filhotes até 1 ano pelo menos, dou ração super premium, misturada com frango moído e arroz.

Para aqueles que pensam que aqui não é quente, este ano nossa temperatura aqui já fez várias vezes acima de 41 graus, e atualmente, a média é acima de 33.

Um abraço,

Paulo Lang

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Tito - di Zaion
Membro Iniciante

Postagens: 18
Registro: 13/10/2005
Local: Duque de Caxias - RJ - Brasil
Idade: 45 anosSexo Masculino
 Postado em 15/02/2006 4:06:00 PM

Grande Fábio e companheiros Mastinaros.

Muito bem levantado este item. Porem isto é um problema grande para nossa raça, aqui no Brasil, país tropical, quente e seco.
Acredito que a Etologia seja uma das coisas mais fascinantes da criação e é a ela que me apego quando me confronto com algo sem resposta na criação. Os cães ficarem sem comer e perderem peso é uma constante, vejamos algumas observações que tambem não resolve, mas diminui bastante o "problema".

Os cães não param de comer quando a temperatura aumenta! Eles diminuem a quantidade, face a sua temperatura interna aumentar durante a alimentação e a digestão, ficando assim tão alta que ele só consome o necessário para sua saude, não excedendo para não fazer e acumular gordura, o que aumentaria ainda mais as consequencias da temperatura quente sobre seu organismo. Observem que quando o cão consume pouca comida nos dias quentes ele tambem economiza energia, ficando mais tempo em repouso.

No inicio do verão os canideos perdem primeiro gordura e somente depois perdem massa muscular! Sendo assim, um suplemento alimentar ajuda (Não resolve) aqui o que mais funciona é (Rarical) e tambem para ajudar na manutenção da massa muscular (aminoacidos - mais eficaz e economico - Glicopan) - Consultem um veterinario de confiança (coisa dificil e segurem quando encontrar)

Estudos feitos com canideos selvagens (Dingos, lobos,etc) tem apontado que durante os periodos de verão os cães não caçam (não se alimentam) durante um dia a cada dez, permanecendo em repouso. Aqui no Brasil quando da Soman julgada pelo Juiz Italiano e veterinario especializado em nutrição de pequenos animais Giulio Benzeche, falamos sobre isto e ele aconselhou a nós de países quente a deixar um dia por semana os cães de jejum durante o verão, sendo assim ele não gasta a gordura e a massa muscular, continua comendo para armazenar durante o jejum (sabia natureza) É incrivel como eles percebem quando o dia do jejum se aproxima comendo mais, o mesmo acontece depois que o jejum acaba. Deu bons resultados por aqui.

Os cães foram se desenvolvendo na natureza em pequenos grupos para atender a uma necessidade local, suas adaptações durante anos foram para atender a uma determinada região e determinado grupo (matilhas). Estamos criando uma raça muito alterada pelo homem e muito distante do local onde a natureza a fez.

Outros fatores:

- Periodo de estro nas femeas: Relaxe não tem o que fazer com os machos.
- Multiplicação rapida de verminoses: Manter vermifucação em dia.
- Stress no animal: Mante-los calmo e se sentindo uteis.
- O fator genetico tambem influencia e muito.
- Variar a comida sem observar se eles gostaram ou não.
- Inflamações e infecções causam falta de apetite.
- Fornecer a comida a noite.

Deve ter mais coisas, por enquanto lembrei apenas destas observações. Desculpem se esqueci de algo, ou do trabalho feito por alguem.

Atenciosamente.
Tito - Canil di Zaion.


IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Rodrigo Hernandes
Membro Iniciante

Postagens: 34
Registro: 14/10/2005
Local: Valhinhos - SP - Brasil
Idade: 45 anosSexo Masculino
 Postado em 15/02/2006 6:13:00 PM

Prezado Claudio,

Eu utilizo o pescoço, mas muitos preferem o que chamam de carcaça.

Atenciosamente

Rodrigo Hernandes

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Claudio Teixeira
Membro Junior

Postagens: 74
Registro: 14/10/2005
Local: Florianópolis - SC - Brasil
Idade: 43 anosSexo Masculino
 Postado em 16/02/2006 6:14:00 PM

vou fazer uma experiência, depois posto o resultado, vou pesa-lo amanhã e segunda começo um suplementação com um hipercalórico pra consumo humano+condroitina com glutamina + banha de porco industrializada (9 kcal/g). Vou fazer uma papa, tipo um brigadeiro, e vou ver os resultados.


Claudio Teixeira

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Rodrigo Hernandes
Membro Iniciante

Postagens: 34
Registro: 14/10/2005
Local: Valhinhos - SP - Brasil
Idade: 45 anosSexo Masculino
 Postado em 18/02/2006 8:18:00 AM

Prezados,

Gostaria apenas de pontuar uma coisa. Em minha experiência, pude observar que apesar de ser muito interessante a complementação alimentar, não creio que seja essa a razão principal para um animal ter maior ou menor peso. Acredito que o fator genético tem um peso muito maior e depois disso a forma que o cão é alimentado durante a sua fase de crescimento.

Os cães que possuo que não ganham peso eu já deixei de insistir, creio que é como tentar transformar esses corredores africanos em papai Noel. Creio que como todos os outros fatores que selecionamos pela genética, esse são apenas mais um. Estou nesse momento aqui no Canil com um cão que quase não come, é até ridículo ver o tanto, mas é um dos mastinos mais pesados que já vi, quero dizer em volume.

Em humanos, ao que me consta. é durante a fase de crescimento ( 1ª infância ), e que desenvolvemos a quantidade de células adiposas ( retêm gordura). Dessa forma teoricamente ao alimentarmos com uma alimentação hipercalórica e hipervolumosa, teremos uma criança com maior possibilidade de ganhar peso e que tem seu estomago aumentado, ou seja, uma provável criança obesa.

Acredito que possamos transportar essa realidade para os cães, ( veterinários me corrijam pelo amor de Deus ), Dessa forma, se seguirmos o mesmo caminho ao meu ver teremos um cão mais propenso a ganhar peso. Mas ai a coisa se complica, pois se de deixarmos o filhote muito pesado começam os problemas ortopédicos, oooooo equilíbrio difícil!!!!!!!!!!!!!! E entre o endócrino e o ortopédico fico com o ortopédico.

Além disso, creio que dois fatores também colaboram muito com esse desenvolvimento. A capacidade de absorção dos alimentos. Se a dieta for hipercalórica e/ou hipervolumosa imprencidivel para nosso intento, mas não absorvida, não adianta lhufas. Por isso a escolha dos alimentos melhores aproveitados pelos mesmos é muito importante. Tenho como verdade ( veterinários me corrijam pelo amor de Deus, outra vez ), ser a carne do frango a melhor aproveitada pelo Canídeos como exemplo do que as outras. Sei que agentes probioticos e prébioticos auxiliam muito na absorção dos alimentos e podem ser aproveitados para corrigir algum desequilíbrio do sistema digestivo, sem a necessidade do uso constante. O outro fator bastante importante é a atividade física, cães ativos ( sem exageros é claro, não podemos novamente esquecer os problemas ortopédicos). Ganham massa muscular que é bem mais interessante é claro. Agora somado a um cão bem desenvolvido e ativo com uma quantidade de tecido adiposo bem distribuído, fica uma combinação bem interessante.

Quero deixar claro que não tenho absolutamente nada contra suplementos , mas acredito que só devam ser utilizados ou em uma dieta desequilibrada que como próprio nome diz necessitem de uma suplementação ou em casos específicos, como uma cadela prenhe, antes de uma expo e outros momentos esporádicos. Não acredito serem eles os responsáveis em transformar um cão inapetente em um cão mais volumoso.

Sei que resumi muito, mas espero não ter sido confuso. E peço novamente ao Vets que corrijam qualquer coisa mal explicada ou errada mesmo.

Abraço a todos

Rodrigo Hernandes

OS: Adorei o tema
.

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Página
 Todos os horários são de Brasília (GMT -03:00)
 Nova Mensagem desde a sua Última Visita.
[***] Palavra proibida pelo moderador do Grupo de Discussão
Páginas: 1 2
Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico

Volta para o Topo da Página



Forum Now! - Criar seu forum grátis